Editora Novo Conceito

Publicidade

Banner exemplo

Quem veio primeiro: o leitor ou o escritor?

06 de Maio de 2014 | Tammy Luciano

Essa é uma pergunta que nos últimos tempos andou rondando minha mente. Primeiro escrevemos ou nos tornamos leitores? Você vai me dizer, obviamente, que o escritor veio antes do leitor. Será? Não teria sido primeiro o enorme desejo de ler que fez alguém escrever? “Ou, vou escrever algo aqui, venha comigo e nunca mais vamos parar de ler na história da humanidade”. Impossível não lembrar das aulas em que a professora dizia: proto-escrita do final do Neolítico. Quem diria que os ideogramas e mnemônicos um dia virariam os lindos livros publicados pelo Grupo Editorial Novo Conceito?

Li que por volta de 3.000 a.C. já tínhamos uma escrita silábica. Um estudioso se estivesse lendo esta coluna me lembraria dos sumérios, da escrita hieroglífica do Antigo Egito, a escrita chinesa... 

Hum, confesso que essa coluna não pretende ter um caráter educacional. Se falei alguma bobagem, podem me corrigir que eu deixo. A intenção é ressaltar o movimento. Quem chegou primeiro: o leitor ou o escritor? O que nos curvamos a começar primeiro? Como sociedade, como essa máquina de quemvailer e quemvaiescrever iniciou?

Sinto um arrepio quando, depois de uma busca superficial na internet, vejo que essa pergunta não é feita com frequência. E eu dias e dias pensando nisso. Escritor, quando cisma com assuntos literários, só acalma quando coloca no papel o trabalho intenso dos neurônios sobre o assunto.

A leitura, como disse antes, claro, nasceu antes. Alguém precisou ler para querer escrever. Ué, mas não foi dito exatamente o contrário no começo desse texto? A ideia aqui não é responder, mas sim cutucar, sacudir, deixar uma ‘pulga’ atrás da sua orelha.

No meu caso, na minha história pessoal, li muitos livros antes de começar a imaginar a possibilidade de ter um original em uma livraria. Respeito, mas estranho escritores que detestam ler. É como fazer uma comida e jamais provar o tempero. Degustar condimentos alheios nos faz melhorar como profissional, crescer ainda mais nas possibilidades de contar histórias, mas alimentando a sua originalidade, publicando o que nada tem a ver com algo anteriormente publicado.

Leitura e escrita hoje se completam, mas cada pessoa tem sua influência direta na sociedade.  Esse impulso de ler e escrever está magicamente entrelaçado na eternidade, nos ajudando a sermos melhores como povo, gente no coletivo, no individual e no máximo de nós. Jamais saberemos se alguém começou lendo estrelas, escreveu em uma parede e passou a ler sonhos. Ou se escreveu na areia de uma praia, tentou ler seu próprio texto, ainda sem um código reconhecido, e estavam ali estampados os desejos de ler e escrever, inseparáveis como um casal de namorados com vontade de viver seu relacionamento para sempre.

E para vocês, quem nasceu primeiro: o leitor ou o escritor?

Sejam sempre felizes!

Até semana que vem!

2 pessoas comentaram

Deixe seu comentário

avatar novo conceito

Cadastrando sua mensagem, por favor aguarde...

Bia Carvalho

Bia Carvalho - 06 de Maio de 2014 às 12:08

Nossa, curti muito o assunto de hoje! Eu fui leitora antes de ser escritora, mas confesso que o comichão por escrever veio logo em seguida... Bjks

Compartilhar via Facebook Logar via Twitter

Cadastrando sua mensagem, por favor aguarde...

Tony Ferr

Tony Ferr - 06 de Maio de 2014 às 12:02

Ótima coluna Tammy!! Parabéns!! Olha eu acho que os dois nasceram ao mesmo tempo, um depende do outro, não tanto é claro, mas caminham juntos!! Abraços.

Compartilhar via Facebook Logar via Twitter

Cadastrando sua mensagem, por favor aguarde...

Receba nossa newsletter

Fique por dentro das novidades

Grupo Editorial

Novo Conceito

UMA EQUIPE JOVEM, pronta para DESTACAR-SE NO MERCADO PUBLICAndo CONHECIMENTOS, lançando autores E FAZEndo HISTÓRIA.