Editora Novo Conceito

Publicidade

Banner exemplo

Música como inspiração

13 de Novembro de 2013 | Marina Carvalho

Os momentos da minha vida sempre foram preenchidos pela música. Quando criança, acordava nas manhãs de sábado e domingo ao som dos discos de vinil que meus pais sempre tiveram em casa e faziam questão de aproveitar. Só assim mesmo para que eu tivesse a oportunidade – e a sorte – de conhecer Chico Buarque, Milton Nascimento, Elis Regina, 14 Bis, além de Frank Sinatra, Ray Conniff e Richard Clayderman. Não que eu esteja aqui me gabando, mas me considero uma felizarda por ter tido esse privilégio musical.

Bom, é importante esclarecer que tecnicamente não entendo nada sobre o assunto. Até cheguei a frequentar aulas de piano – mais para agradar a minha mãe (risos) – e aprendi o “Café com Pão”. Mas só. Infelizmente não fui agraciada com dons musicais, mas sei apreciar uma canção.

No entanto admito que tenho um gosto meio... chato. É. Não sou nada eclética, o que limita muito minhas opções na hora de ligar o aparelho de som. Melhor eu nem citar os gêneros que não curto para não causar mal-estar com nenhum leitor. Mas posso revelar aqueles que adoro, não é mesmo?

» Rock and Roll: dos Beatles ao Avenged Sevenfold, passando por Led Zeppelin, Aerosmith e U2. 

» Pop Rock nacional: desde as bandas dos Anos 80 (Barão Vermelho, Legião Urbana, RPM, Capital Inicial), até as que apareceram depois (Jota Quest  - AMO! -, Skank, O Rappa e por aí vai).

» Baladas internacionais: será que aqui se encaixam Lana Del Rey, Alanis Morrissette, Pink, Jason Mraz, 

Costumo ouvir meus cantores e bandas favoritos no carro e principalmente à noite, antes de dormir. É nesse período do dia que acabo usando a música como ferramenta de trabalho, ou seja, elas me auxiliam a imaginar uma cena, a estruturar o perfil de um personagem ou apenas me fazem relaxar, permitindo que minha mente se prepare para criar novas histórias.

Por outro lado, enquanto escrevo, nada de notas musicais chegando aos meus ouvidos. Elas me desconcentram. Sou mais o som ambiente da casa.

E quanto a vocês? Qual é a sua relação com a música? O que acham de me contarem? Eu vou adorar saber.

Espero que tenham gostado do texto de hoje. 

Deixo aqui um abraço para todos.

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar

avatar novo conceito

Cadastrando sua mensagem, por favor aguarde...

Receba nossa newsletter

Fique por dentro das novidades

Grupo Editorial

Novo Conceito

UMA EQUIPE JOVEM, pronta para DESTACAR-SE NO MERCADO PUBLICAndo CONHECIMENTOS, lançando autores E FAZEndo HISTÓRIA.

  • Emily Giffin

    UMA PROVA DE AMOR

    Emily Giffin