Editora Novo Conceito

Publicidade

Banner exemplo

Juro que é a última – ou não!

05 de Março de 2014 | Marina Carvalho

Já faz um tempinho bom que li O CÉU ESTÁ EM TODO LUGAR, da autora Jandy Nelson, publicado pela Editora Novo Conceito há pouco mais de dois anos. Porém, apesar da leitura ser antiga, o amor que tenho por essa história nunca acaba. Tanto é que o livro está entre minha (restrita) listinha de favoritos.

Bem, vamos à resenha:

O céu está em todo lugar é maravilhoso, a começar pela diagramação da obra, que ficou per-fei-ta. A letra é azul-marinho, impressa em folhas amareladas, o que resultou num contraste bem bacana. Cada capítulo começa com textos da personagem principal, escritos nos mais inusitados lugares: copos descartáveis, partituras, versos de provas da escola, papéis de bala... E a capa então! É toda granulada e fosca. Uma fofura mesmo.

Bom, em relação à história, também só tenho elogios. Ela começa com a morte da irmã mais velha da protagonista, Lennie Walker, do nada. Como ninguém esperava por isso, o choque da família foi imenso. Detalhe: por família entende-se Lennie, sua avó e o tio Big. A dor deles parece não ter tamanho, mas é Lennie quem demonstra mais. Odeia os olhares de pena que os colegas da escola passaram a lançar sobre e ela e já não tem ânimo nem para tocar clarinete, sua grande paixão.

Lennie só se sente melhor quando divide a tristeza com o ex-namorado da irmã, Toby, que começa a querer da ex-cunhada muito mais do que conforto. É, a relação dos dois fica estranha, do tipo "beijos e abraços", e embora se sinta muuuuuiiiiito culpada, Lennie não consegue resistir a ele.

Por outro lado, na escola, ela conhece um gatinho muito alto-astral e atencioso: o Joe. Desde o princípio, ele dá a entender que está interessado em algo mais do que amizade e vive insistindo com Lennie para que ela volte a tocar em público.

O Joe é um fofo e me conquistou de cara. Ele é atencioso, maduro e muito, muito charmoso. É por ele que Lennie se sente mais atraída, mas (que ódio!) é só o Toby aparecer que ela cede. Aliás, isso dá uma raiva danada. Como a garota pode ser tão volúvel assim?

Mas, enfim, a caminhada de Lennie é de descobertas e crescimento e percebe-se que tudo foi necessário para que ela conseguisse chegar ao ponto de aceitar melhor a morte da irmã.

Eu realmente adorei o livro. Esse foi um que me deixou de DPL (depressão pós-leitura), pois queria poder apagar minha memória e ler a história outra vez, como se ainda fosse inédita.

 Sem nem pestanejar: CINCO ESTRELINHAS!

Espero que tenham aprovado meus comentários a respeito de O céu está em todo lugar. Escrever resenhas é um hobby para mim, um meio de imortalizar uma obra que me marcou muito.

Na semana que vem tem mais texto. Espero a visita de vocês!

 Grande abraço!

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar

avatar novo conceito

Cadastrando sua mensagem, por favor aguarde...

Receba nossa newsletter

Fique por dentro das novidades

Grupo Editorial

Novo Conceito

UMA EQUIPE JOVEM, pronta para DESTACAR-SE NO MERCADO PUBLICAndo CONHECIMENTOS, lançando autores E FAZEndo HISTÓRIA.